Loading...

Dicas para gastos de viagens no exterior

Dicas para gastos de viagens no exterior

Turismo 14-07

A escolha do destino e das formas de pagamento estão entre as informações úteis na hora da escolha de um destino

Com a valorização do dólar, os brasileiros que quiserem curtir as férias de julho no exterior devem tomar alguns cuidados para que os gastos da viagem não extrapolem o orçamento doméstico. No mercado, a Ourominas oferece serviços de câmbio com facilidades na comercialização de moedas. No site da corretora, o consumidor escolhe a moeda e quanto quer comprar. Na mesma página, é avisado da taxa de cambio do dia e pode simular o frete de entrega para qualquer lugar do Brasil. O pagamento é feito por meio de transferência bancária. Roselito Soares, diretor comercial de câmbio da Ourominas, observa que o fato de a Ourominas entregar as moedas na residência ou no local de trabalho protegidas por seguro dá ainda mais confiança ao consumidor.

Confira algumas dicas importantes:

Destino: Quem ainda não escolheu o destino da viagem deve estar atento aquele cuja moeda não se valorizou tanto em relação ao real. É o caso da Argentina, Chile, México, Uruguai e Nova Zelândia.

E-commerce de moedas: Para quem está com pressa e quer comodidade e segurança na compra de dólar, euro, peso ou outra moeda estrangeira, a Ourominas oferece a venda de moedas pela internet.

Cartão pré-pago: Levar mais de uma forma de pagamento na viagem. A moeda em espécie é prática para pequenas despesas. Já o cartão pré-pago, que carrega dólar, euro ou libra, é uma excelente opção para despesas maiores, além de ser mais seguro. No entanto, sobre ele incide atualmente uma alíquota de 6,38% do IOF (Imposto Sobre Operações de Crédito), muito maior do que aquela paga na compra de moeda em espécie, que é de 0,38%.

O produto é uma ótima alternativa para menores de idade que viajam desacompanhados dos pais, porque estes podem controlar os gastos dos filhos e recarregá-lo sempre que preciso. Além disso, o cartão pré-pago é mais vantajoso do que o cartão de crédito, porque a transação é realizada em moeda local sem conversão, e não há cobrança de variação cambial, ou seja, o câmbio é fixado no momento da aquisição da moeda.

Mais informações pelos telefones 0300 31 31 721 ou 0800 773 773 2.

 

Publicação: Turismo ETC
Data: 14 de julho de 2015
 Voltar